Workshop de artes performativas
“Todas as Ficções que se Geram Aqui”

Tanya Beyeler e Pablo Gisbert são os diretores do coletivo de teatro espanhol El Conde de Torrefiel, companhia que tem percorrido os mais importantes festivais e teatros europeus nos últimos anos. O seu trabalho caracteriza-se por encenações onde coreografia, texto e imagens convergem para criar narrativas invulgares e fragmentárias, nas quais as tensões entre o individual e o coletivo que caracterizam a sociedade ocidental atual emergem e se materializam no palco de uma forma surpreendente. Nos últimos dez anos, Beyeler e Gisbert estabeleceram-se no panorama europeu do teatro, com a sua junção única de uma estética minimalista e de um uso dramatúrgico idiossincrático de texto, imagem e som. Algumas das suas criações já passaram pelos palcos portugueses, como “A possibilidade que desaparece frente à paisagem” (Teatro Maria Matos), “La Plaza” (Alkantara)  e, mais recentemente, “Los Protagonistas” (LU.CA). Passaram também já por festivais europeus como o Wiener Festwochen (Viena), o Festival d’Avignon (Avignon), o KunstenfestivaldesArts (Bruxelas), o Festival Sâlmon (Barcelona) ou o Festival d’Automne (Paris).

A ideia principal que sustenta a abordagem formal dos trabalhos cénicos de El Conde de Torrefiel baseia-se na ideia de que o espetáculo acontece na cabeça do espectador. As suas personagens transcendem frequentemente os limites da linguagem falada — nas palavras dos próprios, “O verbo está no corpo do dançarino, não na boca do actor”. Assim, o workshop “Todas as Ficções que se Geram Aqui” pretende explorar os dispositivos dramatúrgicos que permitem tratar o texto e as suas formas, bem como os corpos e o seu movimento em cena, de um ponto de vista rítmico e compositivo, para gerar paisagens performativas sugestivas e enquadrar estados emocionais no espectador.

REGISTO FOTOGRÁFICO

Próximos Eventos

ler mais
  • O CARRO FALANTE

    16 junho 2024 — 18 junho 2024
    Wiener festwochen

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    18 julho 2024 — 19 julho 2024
    Festival dos Canais

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    06 setembro 2024 — 07 setembro 2024
    Nowy Teatr

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • O Carro Falante

    09 outubro 2024 — 10 outubro 2024
    HAU Berlim

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +