CHILE
Estreia Europeia – Performance/Ativismo
Resistencia o la Reivindicación de un Derecho Colectivo

O impacto local de “El Violador Eres Tu” e de “Un Violador en tu Camino” (2020) fez com que esta performance ganhasse uma repercussão internacional, tendo sido reproduzida em mais de 50 países.

O coletivo artístico, interdisciplinar e feminista de mulheres de Valparaíso (Chile) LASTESIS dedica-se a divulgar a teoria feminista baseada na performance, especificamente através de uma linguagem interdisciplinar que combina artes performativas, som, design gráfico e têxtil, história e ciências sociais. Viajam pela primeira vez a Portugal para o desenvolvimento e apresentação do seu mais recente projeto.

Resistencia o la Reivindicación de un Derecho Colectivo” é a nova criação do coletivo LASTESIS, uma encenação colaborativa no espaço público criada em residência artística em Valparaíso, através de estratégias cénicas interdisciplinares. Contempla a participação de cerca de 80 mulheres e dissidências de idades e formações diversas, num processo de laboratório criativo. O projeto procura traduzir algumas ideias de Judith Butler, Paul B. Preciado e María Lugones, através de um dispositivo cénico sustentado nos corpos e experiências das e dos participantes. No antagonismo entre repressão e prazer, morte e festa, denúncia e resistência, a performance procura abordar a reivindicação ao direito a uma vida livre de violência num contexto de colonização e extrativismo ativo.

Criação e direção: LASTESIS (Daffne Valdés Vargas, Paula Cometa Stange, Lea Cáceres Díaz e Sibila Sotomayor Van Rysseghem)
Coprodução: Parque Cultural de Valparaíso, Fundación Teatro a Mil, HAU Hebbel am Ufer Berlin
Produção: Luisa Tupper

 

Open call para a participação de 80 mulheres e dissidentes de género no workshop dirigido pelas LasTesis, que resultará na apresentação pública da performance

Próximos Eventos

ler mais
  • TERRA COBRE

    01 junho 2024 — 02 junho 2024
    Serralves

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O CARRO FALANTE

    16 junho 2024 — 18 junho 2024
    Wiener festwochen

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    18 julho 2024 — 19 julho 2024
    Festival dos Canais

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    06 setembro 2024 — 07 setembro 2024
    Nowy Teatr

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • O Carro Falante

    09 outubro 2024 — 10 outubro 2024
    HAU Berlim

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +