“Polvo Inteiro”
de JONAS & LANDER

Workshop de dança

Em “Polvo Inteiro” é proposto um conjunto de práticas que estudam e desenvolvem o potencial do performer / bailarino por inteiro, onde voz, respiração, e expressão facial são integradas na dança. As múltiplas influências a que somos sujeitos nos dias que correm são bem-vindas e digeridas para que deem músculo tanto à voz, quanto à respiração, quanto à expressão facial e ao próprio corpo. São desenvolvidas práticas de coesão de grupo, onde é criado um terreno fértil para a exploração emocional e corporal. A dança é aqui olhada como partitura musical com múltiplos espaços de ocupação, dinâmicas e ritmos. O que se recolhe no final assemelha-se ao caminho de um “performer polvo” consciente de cada tentáculo, tinta, forma e cor que pode adquirir e/ou utilizar.

Durante o mês de Março, a BoCA renova a sua ligação ao Centro de Experimentação Artística do Vale da Amoreira, na Moita, oferecendo ao público local um novo ciclo de extensão das suas atividades. Apresenta três atividades de participação gratuita: uma oficina de dança com os coreógrafos Jonas & Lander, uma intervenção plástica permanente do Horácio Frutuoso (Artista Residente da BoCA no biénio 2019-2020) e um encontro/conversa sobre práticas artísticas contemporâneas destinado a alunos das escolas secundárias locais. A BoCA continua, assim, a expandir a diferentes cidades de Portugal e do estrangeiro as criações e os artistas portugueses que marcaram a segunda edição do evento de programação BoCA 2019, que teve lugar em Lisboa, Porto e Braga.

Destinatários da oficina de movimento e dança: M/12, com e sem formação artística

Produção: BoCA
Apoio: CEA, Câmara Municipal da Moita:
A BoCA Bienal é um projeto financiado pelo Ministério da Cultura / Direção-Geral das Artes

Próximos Eventos

ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Beatriz Batarda

    17 abril 2021
    Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP.

    Convidada: Beatriz Batarda (atriz)
    Livro escolhido: "Caderno de Memórias Coloniais" de Isabela Figueiredo
    Espaço verde: Jardim do Palácio Pimenta, Museu de Lisboa (online)

    ler mais