LIVE STREAMING DE PERFORMANCES

Transmissões em direto de performances de curta duração comissionadas pela BoCA, pensadas através do dispositivo relacional corpo-câmara-casa. Propõe-se uma relação em torno do nosso estado atual de confinamento e as linguagens artísticas mediadas pela câmera. As performances são live no canal YouTube da BoCA Bienal.
Todos os sábados até, pelo menos, 30 de Junho 2020.

 


SEMANA 1

25 ABR: Odete, 19h
Performance:
“Excuse me, miss, their history was always a matter of technique” (2020)
Seguido de conversa com John Romão

“History is not the past. It is the stories we tell about the past. How we tell these stories – triumphantly or self-critically, metaphysically or dialectally – has a lot to do with whether we cut short or advance our evolution as human beings.” Grace Lee Boggs

Odete trabalha entre os mediums da escrita, da música, das artes performativas e das artes visuais. Com um tom autobiográfico, mistura o íntimo e o político, questionando o conceito de pertença, de narrativas trans e formas de tornar visível a tristeza, a fragilidade e a “falha” enquanto potências políticas. Na performance que concebe para o ciclo da BoCA Online, Odete utiliza a ficção para questionar os mecanismos históricos de construção e legitimação de narrativas: “Esta performance-livestream faz parte de uma pesquisa minha sobre as técnicas de produção de verdade da história e da arqueologia”, explica. “Decido mentir sobre a história e a arqueologia usando as mesmas técnicas e ferramentas que o tempo revelou como produtoras de verdades, e o passado passa a ser então uma estratégia política de inscrever aqueles que dele não constam para que o futuro possa avançar para além da ordem de coisas que alguns definiram como a nossa ancestralidade.”

Odete desenvolve um corpo de trabalho assente no cruzamento de várias disciplinas (artes performativas e visuais, música e escrita).
Frequentou a ACE – Interpretação (2010-2013), Porto e licenciou-se em Estudos Gerais – minors em artes visuais e performativas (2014 -2017), Universidade de Lisboa. Tem trabalhado a sua formação com masterclasses e workshops com artistas como Trajal Harrell, Vânia Rovisco, Prof. Gerald Siegmund ou Marcelo Evelin.
Realizou várias performances e exposições desde 2015 e o seu trabalho musical passou um pouco por toda a Europa, desde o Berghain (Berlim) ao Subaccultcha (Amsterdão) ou Boiler Room. Lançou três EPs, sendo o último lançado pela label londrina New Scenery.
http://cargocollective.com/odete
https://soundcloud.com/queriastarmorta

 

Próximos Eventos

ler mais
  • O Barco / The Boat

    29 setembro 2022 — 19 outubro 2022
    Somerset House, Londres

    GRADA KILOMBA

    A primeira instalação de grande escala de Grada Kilomba viaja até Londres, à Somerset House.
    Composta por 140 blocos de madeira queimada, convida o público a entrar num jardim da memória, no qual poemas descansam sobre blocos de madeira queimada, lembrando histórias e identidades esquecidas. Que histórias são contadas? Onde são contadas? Como são contadas? E contadas por quem? São questões que se colocam ao entrar nesta instalação.

    +
  • Workshop “Fenómenos da sociedade e distância crítica e artística”

    30 setembro 2022 — 02 outubro 2022
    MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

    ORLAN

    ORLAN é uma das mais importantes artistas francesas, autora do manifesto “A Arte Carnal”. Chocou o mundo nos anos 90 ao realizar a performance “A reencarnação da Santa Orlan”, uma série de nove cirurgias plásticas que foram transmitidas via satélite para diversos museus e galerias de arte da Europa. Dirige um workshop de três dias, pela primeira vez em Portugal.

    +
  • Coin Operated

    07 outubro 2022 — 08 outubro 2022
    Théâtre National de Chaillot, Paris

    JONAS & LANDER

    "Coin Operated" surgiu de um convite da BoCA a Jonas & Lander, para criarem uma peça para museu. O dispositivo cénico apresenta dois cavalos a motor, operados a moedas, com os dois artistas sentados. Para que algo aconteça o público tem de inserir uma moeda na ranhura dos cavalos. A performance aborda a relação económica e de poder, de conquista de território, de escravatura, da montada das classes sociais mais poderosas nas menos afortunadas.

    +
  • Cattivo

    08 dezembro 2022 — 21 dezembro 2022
    La Villette - Grand Halle, Paris

    MARLENE MONTEIRO FREITAS

    Installation commissioned by BoCA in 2019, CATTIVO is a large-scale installation made up of hundreds of music stands designed by Cape Verdean choreographer Marlene Monteiro Freitas. Through the use of a sensorial type of stage mechanism, these objects, usually at the service of the musician and the score, become subjects with their own feelings and desires. CATTIVO explores the borders of the animal, plant and imaginary worlds.

    +
  • Trouble

    15 dezembro 2022 — 18 dezembro 2022
    La Villette, Paris

    GUS VAN SANT

    O realizador de cinema Gus Van Sant aventura-se na sua primeira criação de palco com uma equipa portuguesa, um espetáculo de teatro musical inspirado em Andy Warhol e no seu esmagador talento para elevar a ícone as imagens, ao mesmo tempo que escalava como persona e artista a um estatuto de celebridade mundial.

    +