“SPAfrica” é um espetáculo sobre empatia e extrativismo. Um projeto que explora a forma como o capitalismo está ligado ao racismo. Julian Hetzel e Ntando Cele juntam forças para explorar os limites da empatia – a capacidade de compreender ou sentir o que outra pessoa está a sentir. E se a empatia não mudar ou ultrapassar as estruturas de poder, mas reforçar os privilégios existentes? “SPAfrica” revela os mecanismos problemáticos e o racismo oculto do seu funcionamento.

O projeto introduz um gesto duplo sobre a extração de “empatia líquida” e baseia-se na transação de recursos entre a Europa e África – água por lágrimas e lágrimas por água. Por um lado, a água potável das regiões subsarianas é importada para a Europa: SPAfrica – a primeira “bebida da empatia” do mundo. Por outro lado, as lágrimas são cultivadas no coração da Europa e transferidas para a fonte da água em África. O projeto justapõe a exploração de recursos naturais e emocionais, expondo estratégias neoliberais na procura de matérias-primas alternativas.

Na sua nova criação, Hetzel e Cele questionam a forma como os bens intangíveis, como a identidade e o passado cultural, são capitalizados. No mercado internacional da arte, o passado cultural e a identidade dos protagonistas tornaram-se recursos valiosos para a criação de valor. Será o trauma o novo ouro das artes?

Conceito: Julian Hetzel e Ntando Cele
Direção: Julian Hetzel
Performance: Ntando Cele
Dramaturgia: Miguel Angel Melgares
Assessoria artística: Sodja Lotker, Khanyisile Mbongwa
Música e composição: Frank Wienk
Desenho de luz: Nico de Rooij
Coordenação técnica: Cesco van der Zwaag, Martijn van Nunen, Bea Verbeek
Técnicos: Simon Kelaita, Wout Jansen
Soluções técnicas: Merijn Versnel, Guido Bevers
Direção de produção: Marieke van den Bosch
Produção Cidade do Cabo: Lungile Mbongwa
Galerista Cidade do Cabo: Mpilo Ngcukana
Assistente de produção: Jana Riese
Assistente de figurino: Merel van Erpers Roijaards
Máscaras: Carly Heathcote
Maquilhagem: Julia Markow
Adereços: Saskia Hartog
Documentação videográfica: Reynold Reynolds, Bongeka Ngcobo
Fotografia: Alexandra Masmanidi, Anouk Maupu

Próximos Eventos

ler mais
  • O Carro Falante

    18 abril 2024 — 19 abril 2024
    deSingel

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • O CARRO FALANTE

    16 junho 2024 — 18 junho 2024
    Wiener festwochen

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    18 julho 2024 — 19 julho 2024
    Festival dos Canais

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    06 setembro 2024 — 07 setembro 2024
    Nowy Teatr

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    14 setembro 2024
    Festival Escena Patrimonio

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    09 outubro 2024 — 10 outubro 2024
    HAU Berlim

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +