No centro do palco estão Mikael e Orlando. Ambos homens, agora com cerca de 60 anos de idade, partilham um laço comum – foram homens que se tornaram mulheres e decidiram voltar atrás. Neste tête-à-tête cru e sincero, Mikael e Orlando exploram os seus passados e trocam histórias de guerra sobre as suas viagens individuais através da mudança de sexo e vice-versa. Mikael, que decidiu tornar-se mulher mais tarde na vida, foi imediatamente atingido por uma onda de arrependimento após a cirurgia e agora anseia por se sentir “inteiro” novamente. O extravagante Orlando, um dos primeiros casos de mudança de sexo na Suécia, opta por não viver mais como mulher, mas sente-se confortável com a fluidez e indefinição do seu género atual.

“Arrependidos / Regretters” oferece um olhar raro e penetrante sobre um assunto sobre o qual raramente falamos. O filme ganhou o Prémio Europa para o melhor documentário em Berlim em 2010, o Prémio da Academia Sueca (Guldbagge) para o melhor documentário sueco em 2011 e, para além de ter sido apresentado em vários festivais internacionais de cinema, foi também exibido no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque e no Centro Nacional de Arte Contemporânea de Moscovo. “Os Arrependidos” recebeu, ainda, o prémio de melhor documentário no Queer Lisboa em 2010.


Direção:
Marcus Lindeen
Produção: Kristina Åberg
Edição: Marinella Angusti, Kristin Grundström
Direção de fotografia: Erik Persson, Andréas Lennartsson
Música: Martin Willert
Elenco: Orlando Fagin, Mikael Johansson
Produção: Atmo Media Network AB
Coprodução: Swedish Television (SVT), Finnish Television (YLE)
Financiamento: The Swedish Film Institute, Nordisk Film & TV Fond

 

Próximos Eventos

ler mais
  • O Carro Falante

    18 abril 2024 — 19 abril 2024
    deSingel

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • O CARRO FALANTE

    16 junho 2024 — 18 junho 2024
    Wiener festwochen

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    18 julho 2024 — 19 julho 2024
    Festival dos Canais

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    06 setembro 2024 — 07 setembro 2024
    Nowy Teatr

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    14 setembro 2024
    Festival Escena Patrimonio

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    09 outubro 2024 — 10 outubro 2024
    HAU Berlim

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +