Portugal | Performance | Nova criação

Palavras de Gonçalo M. Tavares com imagens, objectos e movimento d`Os Espacialistas.
Os animais e as suas características infinitas. O homem e a sua avidez, um bípede ávido.
Os animais como o primeiro dinheiro.
O dinheiro como o último dos animais; um animal sem volume, largura e comprimento. Um animal abstracto.
As formas do dinheiro versus as infinitas manias dos animais.
Palavras, imagens, objectos e gestos em permanente colisão.
Uma conferência plena de encontros e desencontros entre palavra, imagem e gesto tendo o fragmento como base. Fragmentos: máquinas de produzir inícios.
O corpo, dinheiro animal está presente.

 

Com: Gonçalo M. Tavares e Os Espacialistas
Produção: BoCA
Apoios: Teatro da Trindade
Registo fotográfico: Bruno Simão

Próximos Eventos

ler mais
  • Cattivo

    18 fevereiro 2020 — 23 fevereiro 2020
    São Luiz Teatro Municipal, Lisboa

    MARLENE MONTEIRO FREITAS

    Na edição BoCA 2019, a bailarina e coreógrafa Marlene Monteiro Freitas transgrediu a sua prática e criou “Cattivo”, a sua primeira (mega) instalação composta por centenas de estantes de partitura, que são exploradas até ao limite das suas propriedades expressivas. Assistimos à capacidade de encarnarem estados emocionais e de tomarem decisões, manipulando-se a si mesmas e a outros objetos. Agora é a oportunidade única de descobrir a adaptação desta criação ao SLTM.

    ler mais