Espanha | Espetáculo | Nova Criação

 

Work in Progress

 

Angélica Liddell, um dos principais nomes do teatro contemporâneo europeu, com quem a BoCA tem mantido uma relação próxima – foi na BoCA Summer School, em 2017, no workshop “A Eloquência da Ferida ou A Tragédia da Liberdade: Transgressão” que iniciou a pesquisa que gerou o espetáculo “Scarlet Letter” –, regressa agora a Portugal para desenvolver uma nova criação.

Tomando como ponto de partida a narrativa de Leopold Von Sacher-Masoch, o texto “O Frio e o Cruel” (1967) de Gilles Deleuze faz uma análise ao conceito de sadomasoquismo, que ele descreve como “monstro semiológico”. Nesta nova criação, Angélica Liddell foca-se na parte filosófica das perversões, afastadas de qualquer explicação clínica, onde é destacada a expressão poética que vai além de qualquer fronteira ou disciplina artística, para apresentar as relações entre pai e filho, ou seja, entre quem vai morrer e Deus. 

 

Ideia e encenação Angélica Liddell
Com Angélica Liddell, Camilo Sousa, Liliana Mota, Renata Portas
Figuração Ana Teodora Meireles, Ana Teodora Silva, Brice Sousa
Produção executiva Gumersindo Puche e Simone Almeida
Produção BoCA
Apoio à apresentação PICE / Acción Cultural Española

 

Biografia da artista

 

> Dias 26 e 27 MAR, na Casa do Volfrâmio do Mosteiro de Tibães, os espetadores poderão assistir à instalação “Voluta” de João Pais Filipe. Em ambos os dias, pelas 20H, o artista fará uma ativação sonora da instalação.

Na fotografia Roald Engelbregt Gravning Amundsen com as suas filhas adotivas

Próximos Eventos

ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Beatriz Batarda

    17 abril 2021
    Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP.

    Convidada: Beatriz Batarda (atriz)
    Livro escolhido: "Caderno de Memórias Coloniais" de Isabela Figueiredo
    Espaço verde: Jardim do Palácio Pimenta, Museu de Lisboa (online)

    ler mais