Portugal | Concerto | Nova criação
* estreia mundial

 

“duploc barulin”. Experimentem dizer em voz alta. É este o título da nova incursão de Tânia Carvalho para a criação de um concerto. É assim em letra pequena, a criar um som percursivo onomatopeico logo na pronúncia oral e a suscitar o enigma do seu significado, coerente com esse modo de estar na arte – seja dança, desenho ou música – que caracteriza a criadora. Um título que é uma porta que se abre para a imaginação que Tânia formula a cada nova criação, seja no corpo do bailarino, seja nas notas musicais de um piano, seja nos desenhos que a sua mão traça sobre o papel, seja no canto. De Tânia Carvalho conhecemos um trabalho que é sempre de imaginação extravasadora das possibilidades expressivas do corpo na dança, seja no seu próprio corpo ou em colaboração com outros bailarinos.
Tânia decidiu aprender a tocar Ecoerhu, instrumento de cordas chinês, e não fez a coisa por menos. “Quis aprender mesmo como se deve aprender, à chinesa, para poder usar de uma forma ‘normal’ e para depois poder explorar outros sons no instrumento, coisas que não se devem fazer”, diz ela. “Quero muito fundir os três sons, o piano, a voz e o Ecoerhu”. Depois de em 2017 ter apresentado uma exposição de desenhos na BoCA, “Toledo”, desta vez conhecemos uma outra expressão artística, a Tânia em concerto. É aí que está a explorar as possibilidades criativas do instrumento, num concerto onde pela primeira vez também está a compor música para um outro performer, André Santos, que se junta a ela ao piano. As letras são da própria ou textos de Fernando Pessoa.

 

Piano, ecoerhu e voz Tânia Carvalho
Piano André Santos
Composição musical Tânia Carvalho
Letras Tânia Carvalho, Fernando Pessoa
Direção técnica, desenho de luz, operação de luz e som Anatol Waschke
Produção Tânia Carvalho
Produção executiva João Guimarães
Residências artísticas Estúdios Victor Cordón, Musibéria, O Espaço do Tempo
Parceria BoCA
Apoio Teatro da Garagem
Agradecimento Pro.Dança
Fotografia Bruno Simão

Próximos Eventos

ler mais
  • ANA CRISTINA CACHOLA, DELFIM SARDO, FILIPA OLIVEIRA

    20 março 2019
    Carpintarias de São Lázaro, Lisboa

    CONVERSA COM ANA CRISTINA CACHOLA, DELFIM SARDO, FILIPA OLIVEIRA

    Helena Almeida (1934-2018): a sua obra, a sua influência em outros artistas, o seu legado.
    Os três curadores que também são tutores do projeto de formação e criação artística "Sente-me, Ouve-me, Vê-me", que a BoCA produz, vão estar à conversa sobre este projeto que implica jovens compositores e instrumentistas de três universidades de música, de três cidades do país (Lisboa, Porto e Braga).

    ler mais
  • IF YOU WANT TO CONTINUE

    22 março 2019 — 23 março 2019
    MAAT, Lisboa

    VASYA RUN

    Vasya Run é um coletivo russo anónimo, constituído por rapazes entre os 16 e 27 anos, da periferia de Moscovo, que mistura arte contemporânea, teatro, subculturas de rua e rituais de emancipação espiritual. "If you want to continue", a sua nova performance, é comissionada pela BoCA e tem como conceito principal a figura do herói, que está associada a um estado “pós” o momento presente.

    ler mais
  • GESTUÁRIO II

    22 março 2019
    Carpintarias de São Lázaro, Lisboa

    INSTITUTO DA MULHER NEGRA EM PORTUGAL

    O Instituto da Mulher Negra em Portugal - INMUNE, dá a conhecer nesta performance os temas que envolvem a criação desta entidade feminista interseccional e anti-racista, constituída por mulheres negras. A performance "Gestuário II" segue intacta no combate ao silenciamento das mulheres negras, africanas e afrodescendentes na História e no tempo presente.

    ler mais
  • Soará a silêncio, o som de uma revolução dentro de um Bunker

    23 março 2019 — 28 março 2019
    Casa dos Crivos, Braga

    MARIA TRABULO

    "Soará a silêncio, o som de uma revolução dentro de um Bunker" apresenta-se como uma instalação composta por elementos vários, que performers locais ativarão em momentos programados, convidando a que esta ação se estenda ao público. Integrado no ciclo 3X3 na Casa dos Crivos.

    ler mais
  • CATERINA BARBIERI LIVE ACT – Lisboa

    23 março 2019
    Carpintarias de São Lázaro, Lisboa

    CATERINA BARBIERI

    A música de Caterina Barbieri tem origem numa meditação sobre as ondas primárias e a dança polirrítmica de harmónicos em sons sintéticos. Barbieri é mestre de efeitos potencialmente hipnóticos da repetição psicoacústica na mente humana, e dá a conhecer a sua linguagem minimalista modular, em dois concertos únicos, em Lisboa e Porto.

    ler mais
  • CATERINA BARBIERI LIVE ACT – Porto

    24 março 2019
    Passos Manuel, Porto

    CATERINA BARBIERI

    A música de Caterina Barbieri tem origem numa meditação sobre as ondas primárias e a dança polirrítmica de harmónicos em sons sintéticos. Barbieri é mestre de efeitos potencialmente hipnóticos da repetição psicoacústica na mente humana, e dá a conhecer a sua linguagem minimalista modular, em dois concertos únicos, em Lisboa e Porto.

    ler mais
  • IF YOU WANT TO CONTINUE

    24 março 2019
    Palácio dos Correios, Porto

    VASYA RUN

    Vasya Run é um coletivo russo anónimo, constituído por rapazes entre os 16 e 27 anos, da periferia de Moscovo, que mistura arte contemporânea, teatro, subculturas de rua e rituais de emancipação espiritual. "If you want to continue", a sua nova performance, é comissionada pela BoCA e tem como conceito principal a figura do herói, que está associada a um estado “pós” o momento presente.

    ler mais
  • THE THIRD PART OF THE THIRD MEASURE

    24 março 2019
    Carpintarias de São Lázaro, Lisboa

    THE OTOLITH GROUP

    "The Third Part of the Third Measure" é uma nova composição audiovisual dos The Otolith Group. Cria um encontro com o minimalismo militante do compositor vanguardista, pianista e cantor afro-americano Julius Eastman. "The Third Part of the Third Measure" convida os espectadores a assistirem à estética em êxtase do radicalismo negro que o próprio Eastman uma vez descreveu como "cheio de honra, integridade e coragem ilimitada".

    ler mais
  • Os Animais e o Dinheiro

    26 março 2019
    Teatro da Trindade, Lisboa

    GONÇALO M. TAVARES & OS ESPACIALISTAS

    “Laboratório de Formas de Sentir Acima da Média” - é esta é a proposta de Gonçalo M. Tavares & Os Espacialistas para a BoCA 2019. São três performances inéditas apresentadas em salas de teatro a partir do tema “Os Animais e o Dinheiro”. Juntos e pela primeira vez em palco, os artistas desenvolvem formas de sentir acima da média, a partir de textos, imagens, gestos, objetos e espaços em permanente construção, com o público presente.

    ler mais
  • BIBLIOTECA

    27 março 2019 — 30 abril 2019
    Estufa Fria, Lisboa

    HORÁCIO FRUTUOSO

    Horáco Frutuoso recorre, no seu trabalho, a diferentes meios, estruturando a sua prática a partir do pensamento e organização de uma pintura. Cruza com a poesia visual, imagens digitais e a instalação-performance.
    No contexto da BoCA, foi-lhe proposto criar uma obra nova, tendo como base o vídeo "A Experiência do Lugar II" de Helena Almeida. Esta é a primeira obra que Horácio Frutuoso cria para o espaço exterior.

    ler mais
  • MASTERCLASS “TRANSOBJESTOS”

    28 março 2019
    Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Porto

    OS ESPACIALISTAS

    Na segunda edição da BoCA, Os Espacialistas vão colaborar com o escritor Gonçalo M. Tavares na criação e apresentação de três conferências-performances inéditas a serem apresentadas nas três cidades oficiais da BoCA 2019 - Lisboa, Porto e Braga - sob o título "Os Animais e o Dinheiro". Dois dias antes da apresentação no Teatro Municipal do Porto - Rivoli, Os Espacialistas dão a sua primeira masterclass na FBAUP.

    ler mais
  • BEYONCÉ MASS

    29 março 2019 — 30 março 2019
    (espaço a anunciar, em Lisboa)

    BEYONCÉ MASS

    "Beyoncé Mass" é uma celebração de adoração feminina que usa a música e a vida pessoal de Beyoncé como uma ferramenta que promove um discurso de empoderamento sobre os marginalizados e esquecidos, particularmente as mulheres negras - as suas vidas, os seus corpos e as suas vozes. Com Yolanda Norton, Assistente do Antigo Testamento no Seminário Teológico de São Francisco, e a participação do Coro Gospel de Lisboa.

    ler mais