CONVERSAS ONLINE

Conversas com diferentes convidados sobre Corpo, Ciência, Pensamento, Comunidade, Sustentabilidade, Imaginação, em relação com Covid-19, com moderação de Cláudia Galhós, Vítor Balenciano e da equipa Gerador.
As conversas são live no canal YouTube da BoCA Bienal.
Todas as quartas e sextas-feira até, pelo menos, 30 de Junho.


SEMANA 10

24 JUN, 19h: Gil Penha Lopes (biólogo e investigador)
Moderação: Claudia Galhós

Gil Penha-Lopes é um “guardião da Natureza” desde pequeno, tornando-se naturalmente num biólogo. Estagiou na Florida (EUA) desenhando sistemas de aquacultura de baixo-custo e fez doutoramento na África de Leste investigando o potencial das florestas de mangal no tratamento de esgotos urbanos. Observar e interpretar a “sabedoria” da Natureza (Biomimetismo) é o que faz e acredita que nos irá permitir viver de uma forma mais harmoniosa no lindo planeta do qual fazemos parte, a Terra.

 

 

Próximos Eventos

ler mais
  • Trouble

    04 fevereiro 2022 — 05 fevereiro 2022
    Comédie - CDN de Reims, Reims

    GUS VAN SANT

    O realizador de cinema Gus Van Sant aventura-se na sua primeira criação de palco com uma equipa portuguesa, um espetáculo de teatro musical inspirado em Andy Warhol e no seu esmagador talento para elevar a ícone as imagens, ao mesmo tempo que escalava como persona e artista a um estatuto de celebridade mundial.

    +
  • Trouble

    12 fevereiro 2022 — 13 fevereiro 2022
    Teatro Calderón, Valladolid

    GUS VAN SANT

    O realizador de cinema Gus Van Sant aventura-se na sua primeira criação de palco com uma equipa portuguesa, um espetáculo de teatro musical inspirado em Andy Warhol e no seu esmagador talento para elevar a ícone as imagens, ao mesmo tempo que escalava como persona e artista a um estatuto de celebridade mundial.

    +
  • A Tralha

    12 maio 2022 — 13 maio 2022
    Teatro Viriato, Viseu

    CAPICUA

    "A Tralha" é um quase monólogo sobre acumulação. Um ensaio sobre o desperdício e a obsolescência em forma de narrativa pessoal. Uma reflexão sobre os objetos que nos rodeiam, que nos servem de extensão, que contêm as nossas memórias e que nos servem de interface com o mundo. Sobre os objetos que manipulamos e com os quais definimos as coreografias que inscrevemos no espaço e as nossas rotinas.

    +