Itália | Live Act

 

A música de Caterina Barbieri tem origem numa meditação sobre as ondas primárias e a dança polirrítmica de harmónicos em sons sintéticos, na fronteira entre o drone, o minimalismo e o techno.

Através da sua linguagem minimalista modular, Caterina Barbieri explora os efeitos psicofísicos da repetição e das operações baseadas em padrões na música, investigando o potencial polifónico e polirrítmico dos sequenciadores para desenhar geometrias complexas e severas no tempo e no espaço.

A sua abordagem algorítmica da composição enraizada no minimalismo e na tradição indiana, e a sua atitude pragmática em relação às sequências, desdobra-se em imagens sonoras surpreendentemente orgânicas, quase tangíveis, às quais ela própria se refere como “computação extática”. Barbieri é mestre de efeitos potencialmente hipnóticos da repetição psicoacústica na mente humana.

 

Próximos Eventos

ler mais
  • ECOTEMPORÂNEOS: Beatriz Batarda

    17 abril 2021
    Museu de Lisboa - Palácio Pimenta

    ECOTEMPORÂNEOS

    Ecotemporâneos é um projeto que relaciona a literatura com os espaços verdes da cidade de Lisboa. Aberta, inclusiva e acessível, em cada sessão um novo convidado escolhe um livro e liga-o ao espaço verde onde o público reúne. Conta com a presença de um intérprete de LGP.

    Convidada: Beatriz Batarda (atriz)
    Livro escolhido: "Caderno de Memórias Coloniais" de Isabela Figueiredo
    Espaço verde: Jardim do Palácio Pimenta, Museu de Lisboa (online)

    ler mais