Reativação da plataforma artística dedicada aos mais jovens. Nesta nova abordagem online, foi aberto um open call para jovens de todo o país, com idades entre os 16 e os 21 anos, para criar e pensar a partir da programação BoCA Online. Foram selecionados 26 jovens portugueses de 10 cidades portuguesas e de 5 países estrangeiros.

A BoCA Sub21 é um laboratório artístico onde “coisas” acontecem; onde se experiencia uma troca artística inspirada no ciclo de programação BoCA Online e onde se ensaia o que é isto de ser espetador em casa. Através de encontros com artistas, visualizações de vídeos e filmes de artistas, desenvolvimento de ações performativas em casa ou de festas online.

 

Queres fazer parte da BoCA Sub21?
Preenche o formulário de inscrição onde podes fazer a tua candidatura até 21 de Abril 2020.
Mais informações aqui.


Coordenação: 
Sara Franqueira
Assistência de coordenação: Lucía Vives
Apoio: Fundação Millennium BCP

 

 

Próximos Eventos

ler mais
  • Trouble

    04 fevereiro 2022 — 05 fevereiro 2022
    Comédie - CDN de Reims, Reims

    GUS VAN SANT

    O realizador de cinema Gus Van Sant aventura-se na sua primeira criação de palco com uma equipa portuguesa, um espetáculo de teatro musical inspirado em Andy Warhol e no seu esmagador talento para elevar a ícone as imagens, ao mesmo tempo que escalava como persona e artista a um estatuto de celebridade mundial.

    +
  • Trouble

    12 fevereiro 2022 — 13 fevereiro 2022
    Teatro Calderón, Valladolid

    GUS VAN SANT

    O realizador de cinema Gus Van Sant aventura-se na sua primeira criação de palco com uma equipa portuguesa, um espetáculo de teatro musical inspirado em Andy Warhol e no seu esmagador talento para elevar a ícone as imagens, ao mesmo tempo que escalava como persona e artista a um estatuto de celebridade mundial.

    +
  • A Tralha

    12 maio 2022 — 13 maio 2022
    Teatro Viriato, Viseu

    CAPICUA

    "A Tralha" é um quase monólogo sobre acumulação. Um ensaio sobre o desperdício e a obsolescência em forma de narrativa pessoal. Uma reflexão sobre os objetos que nos rodeiam, que nos servem de extensão, que contêm as nossas memórias e que nos servem de interface com o mundo. Sobre os objetos que manipulamos e com os quais definimos as coreografias que inscrevemos no espaço e as nossas rotinas.

    +