Artista Residente biénio 2019-2020

Portugal | Escultura-Instalação | Nova Criação

 

“Biblioteca” é a resposta do artista plástico Horácio Frutuoso à proposta de criar uma instalação tendo como ponto de partida o vídeo “A Experiência do Lugar II” de Helena Almeida (integra a Coleção da Fundação PLMJ). No vídeo, de joelhos, no seu atelier, Helena Almeida vai percorrendo o espaço, preenchendo-o com uma série de gestos não coreografados, espontâneos e improvisando essa relação com objetos que podemos encontrar em qualquer atelier de um artista. Esse percurso aproxima-se de uma imagem de peregrinação, ou procissão, onde são exibidos uma série de símbolos que desfilam honorificamente. Horácio Frutuoso vê-o como uma adoração, ou agradecimento, ao atelier – o espaço mais importante do artista, o lugar onde nem todos entram, onde as obras são criadas e pela primeira vez reveladas ou destruídas.
Frutuoso fala-nos do seu especial interesse por esta relação entre a criação e a morte: “Porque tive uma educação religiosa (embora já não a pratique nem seja crente), tenho especial atenção aos gestos e rituais que lhes estão associados e que inevitavelmente também se aproximam da arte”. Questionando-se então que outros espaços se poderão assemelhar a estes lugares, ele pensou numa biblioteca. Uma biblioteca como um depositário de livros, a tentativa de preservar, a organização hierárquica, os rituais, o silêncio, os livros que são esquecidos, os que são mais requisitados até as folhas se soltarem. “Biblioteca” é apresentado na Estufa Fria, em Lisboa, um depositório de espécies, de formas, também ele um arquivo.
Horácio Frutuoso concebe três objectos em acrílico, com três cores: cristal/transparente, preto opaco e cinzento translúcido, por associação com a pureza das cores/neutralidade e estética de Helena Almeida.

 

Produção BoCA
Co-produção Fundação PLMJ
Apoio Estufa Fria

Registo fotográfico Bruno Simão

Próximos Eventos

ler mais
  • TERRA COBRE

    01 junho 2024 — 02 junho 2024
    Serralves

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O CARRO FALANTE

    16 junho 2024 — 18 junho 2024
    Wiener festwochen

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • TERRA COBRE

    18 julho 2024 — 19 julho 2024
    Festival dos Canais

    JOÃO PAIS FILIPE & MARCO DA SILVA FERREIRA

    Nova criação do artista sonoro João Pais Filipe e do dançarino Marco da Silva Ferreira que cruza a arte chocalheira tradicional da vila de Alcáçovas, no Alentejo, com práticas artísticas contemporâneas.

    +
  • O Carro Falante

    06 setembro 2024 — 07 setembro 2024
    Nowy Teatr

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +
  • O Carro Falante

    09 outubro 2024 — 10 outubro 2024
    HAU Berlim

    AGNIESZKA POLSKA

    A convite da BoCA, Agnieszka Polska cria a sua primeira peça de teatro, com interpretação de Albano Jerónimo, Íris Cayatte, Vera Mantero e Bartosz Bielenia. Um grupo de pessoas viaja num carro que não para. Um espetáculo sobre o papel de alguém preso no complexo sistema de agentes humanos, não-humanos e infraestruturas sociotecnológicas.

    +