A BoCA – Biennial of Contemporary Arts é uma nova bienal de artes contemporâneas que tem a sua segunda edição entre 15 de março e 30 de abril de 2019, nas cidades de Lisboa, Porto e, iniciando um modelo de descentralização da oferta cultural e convidando uma cidade diferente em cada edição, também em Braga. Ao longo de 2019/2020, a BoCA expande as suas atividades a outras cidades do país e do mundo.

A BoCA propõe um conceito colaborativo entre instituições artísticas nacionais e internacionais (museus, teatros, galerias), integrando ações no espaço público e incidindo numa programação transversal que propõe uma sinergia entre instituições, campos artísticos e respetivos públicos.

Com direção artística e programação de John Romão, a BoCA surge de uma vontade de contribuir de forma consequente para a reflexão sobre o entorno sociocultural contemporâneo e com a vocação explícita de apoiar os processos de construção artística do presente e do futuro. Tem como missão a promoção da criação contemporânea com especial atenção para propostas de caráter transversal, mediante quatro eixos de atuação: produção, programação, difusão e educação artística.